29 de jul de 2013

Longfic: - Harry Styles e Liam Payne / Titulo: My Experience (part1)


Nova Vida + Gente nova
Parte 1/10

VocêOn


Dias atuais!

 Eu me sinto confusa em torno disso, eu os amo, só que eu acho que me sinto mal por ter que escolher somente um, isso me incomoda muito, eu acho que me sinto uma garota louca de se apaixonar por dois garotos. 

Sarah: SeuNome para de se culpar!
Eu: Sarah, você não intende? Eu vou machucar um dos dois. 
Sarah: Você manda no seu coração? Não, então chega você é uma ótima pessoa, não tem com o que se preocupar. 
Eu: Amiga, eu amo eles,  tenho sim, eu...Eu nem sei o que vai acontecer. 
Sarah: Desisto você é um caso perdido. 


  Então você se pergunta o que à comigo. Eu por "Acaso" conheci dois caras, Liam e Harry, eles são muito legal e tal, só que tem um único  problema, eu...Eu...Eu me apaixonei por dois idiotas o que isso vale? Eu estou no meio de uma amizade de anos, eu me sinto a garota mais estupida o mundo. Eu prefiro sumir no mundo e pedir que eles me esqueçam, e que vivem suas vidas.

Sarah: Vamos fazer assim, você vai me dizer como conheceu eles. 
Eu: Foi assim...

Flash Back On

  Poxa eu não vou ir morar em Londres, que saco só por que meus pais se separaram e eu tenho que ir com a minha mãe lá em Londres morar com minha vó? Se fosse alguns anos atrás eu até iria de boa, só que agora eu fiz amigos tenho namorado. 

Eu: Eu não quero ir, eu nunca mais vou voltar mãe, eu vou sentir saudades do meu pai.
Mãe: SeuNome quando você vai entender que é o melhor para nós duas? Você fez amigos aqui, mas vai fazer muito mais lá.
Eu: É tudo novo, escola, amigos, casa, cidade. E eu estou cansada de ficar mudando mãe, nós já morava-mos em Las Vegas e vimos para o Brasil. 
Mãe: Não fala nada SeuNome, fica quieta, eu to tentando arrumar as coisas e você não ajuda em nada. 
Eu: EU NÃO QUERO IR. 
Mãe: Então você vai ficar com a namorado do seu pai e ele. 
Eu: Mas mãe...Eu não gosto dela. 
Mãe: Então vai comigo e chega de falar. 
Eu: AFF eu odeio minha vida. 

  Eu não gosto da minha "Madrasta" Por que foi ela que destruiu o casamento dos meus pais, eu pareço uma criança, à qual é SeuNome você só tem dezesseis anos, você não tem nenhuma autoridade, você é quase uma criança. 

   Eu sai do quarto da minha mãe e fui arrumar minha mala. 



[...]


  Estar num avião, mais de 10 horas é horrível ainda mais com o cara atrás de você roncando e chutando sua poltrona. 

Eu: Ei senhor você pode parar de chutar?
Ele: Não incomoda quero dormir. 

  Tudo bem eu tentei ser legal beleza. Por isso não gosto de andar de avião sempre esses chatos, ficam roncando e chutando as poltronas, isso sim é uma coisa muito chata. 

Eu: Mãe, falta muito.
Mãe: Espera SeuNome.
Rick: Cala boca, mãe diz pra ela que vai demora muito?
Mãe: Joga teu jogo ai e fica quieto. 


   Ah esquecendo de mencionar no meu irmão, ele tem 13 anos, é viciado em vídeo game, é chato, insuportável, tem uma boca suja que meu Deus, sabe coisas que nem eu sei. Resumindo meu irmão tem uma mente muito...Ah sei lá. Eu acho as vezes que ele sabe coisas de mais, e isso me assusta, ele cresceu muito rápido, e me dá medo no que ele pode se tornar, eu tenho 3 anos quando ele nasceu e, ele foi meu bebê a vida inteira, só que agora ele vira homem (não ele é o Peter Pan). 

  Logo o avião começou a pousar. 

Eu: Até que fim. 
Rick: AAF eu vô ficar gordo, a vovó só me dá comida. E ainda lá não deve ter nenhuma menina bonita. 
Eu: Para de reclamar, vô fala para vovó que você não gosta da comida dela. 
Rick: Eu gosto não fala nada. 
Mãe: -Rindo- Ai-Pausa- Vocês são bizarros. 

  Okay, minha mãe sabe umas palavras ai que, eu acho que nem meu pai sabe, mais tudo bem, nada contra ela é a melhor pessoa e a que eu mais amo. 

  Saímos do avião, fizemos tudo que tem que fazer, e minha mãe queria passar num Starbucks próximo do aeroporto. Chegamos lá e uau, se pensam que as coisas são boas na padaria de São Paulo, vocês se enganam, isso aqui é um paraíso. 

Eu: Mãe, mãe-Cutucava ela- Mã-ãe. 
Mãe: Que? Fala menina. 
Eu: Tudo aqui é muito bom, vamos voltar mais vezes aqui°
Mãe: -Ri- SeuNome isso aqui tá espalhado por Londres inteiras. 
Eu: Ah...


  Tudo bem, mais um ponto que descubro sobre Londres, acho que vou enlouquecer nessa cidade tão grande, sendo que São Paulo é grande só que eu NÃO conheço nada aqui e Londres. 

   Saímos do Starbucks e fomos até o táxi amarelo daqui. 

    Descemos do táxi, e paramos em frente a uma casa, espera não é bem uma casa e sim "Uma mansão" eu não sei de quem essa casa é mas eu me lembro de já ter passado por aqui uma vez e minha vó comentar que queria se mudar, sei lá né. 

Eu: De quem é essa casa?
Rick: Dá vovó. 


 Ah, SeuNome você é muito burra, como você pode ser tão lerda? Pelo amor de Deus. Você tem que perceber as coisas antes de falar, como você pode não juntar as coisas? Eu acho que vou me atirar de um ponte cheia de jacarés.

  Minha mãe olhou em volta, entrou no portão meu enferrujado, com um jardim cheio de flores por todo patio, fazendo com que ao redor da casa fosse muito lindo. 


Mãe: Chegamos.

   Ela tocou a campainha, e uma garota com uns cabelos longos só que mais curto que o meu,  cabelos dourados, vestia uma blusa larga e uma calça jeans. 

XXX: Posso ajuda-los?
Mãe: Procuro por Marisa? 
XXX: Ah me chamo Juliana sou neta dela. 
Mãe: Filha da Márcia? 
Juliana: Sim. VÓ TEM UM PESSOAL AQUI. 
Marisa: Filha-Abraçou minha mãe- Rick eu fiz um bolo para você -Apertou a bochecha dele- SeuNome como você tá grande -Me abrasou- Entrem. 
Juliana: AAH Você deve ser minha prima. 
Eu: Parece que sim.  

   Entramos, e minha vó tinha preparado um chá para nós. 

Eu: É...Mãe tem algo melhor pra fazer?
Mãe: Para de ser chata. 
Eu: É que...-Fui interrompida pela campainha tocando- 
Juliana: Ai deve ser o Liam. 
Vó: Eu disse que não quero que esse moço venha aqui, você só tem quinze anos, e ele dezenove, ele é um bom rapaz mais ele é muito mais velho. 
Juliana: Vó não enche. 
Mãe: Ah senhora deixa ela falar desse jeito com você?
Vó: Fazer o que né.  


  Eu só observei a conversa das duas, logo pude notar um garoto alto, com a cabelo com um topeta, crespo e do lado rapado. 

Juliana: Então entra ai amor. 
Ele: Ah com licença. 
Juliana: Então essa é minha tia, meu primo e minha prima. 


  Espera...Não SeuNome ele pode ser gato mas ele é da sua prima e tal. Você é doida. 


[...]



 Já estava de noite por volta de 23:30 ou mais não sei. Meu irmão estava jogando minecraft, minha vó e mãe estavam deitadas e eu estava mexendo no twitter. Juliana estava no quarto dela, e com Liam. 

   Coisas no twitter rolavam soltas. Mil tretas mano, estavam falando sobre tudo, Juliana tinha twitts que me assustavam, ela só posta coisas de seu namoro. 

   Eu acho que estou ficando maluca, fechei o notebook, e deitei na cama, puis a mão na barriga a fiquei olhando o teto, pensando no nada. 

  Acabei, pegando no sono. 

   Acordei com a pequena brecha de sol, que invadia o quarto sem mais nem menos. Abri os olhos com dificuldade, e sentei na cama, botando de vagar os pés no chão.

Rick: Acorda logo. 
Eu: É-Pausei para pensar por conta do sono- já to acordada. 
Rick: -Ri- Você fica engraçada de manhã. 

  As vezes dá vontade de enforcar ele, só não fiz isso por que eu tô com muita, sabe muita preguiça. 

  Levantei fui até o banheiro, lavei minha cara, puis uma roupa soltinha, para ir para a escola. Desci, peguei uma maçã. 

Eu: Tchau mãe to indo pra escola. 
Mãe: Vai. 


   Como minha mãe é legal, ela queria muito que eu ficasse em casa. Cheguei nessa "escola", como esperado é cheio de grupos literalmente. Tinha grupos de garotos populares, espera...Aquele é o Liam? Ah esquece. populares, patricinhas, líderes, que Juliana se encontrava, nerds, e os quietos.


Juliana: SeuNome, SeuNome vem cá.
Eu: Ah tudo bem.
Juliana: Então gente essa é a SeuNome, minha prima. 
Todas: Oi (eu tô com preguiça de por nome pra cada um) 
Juliana: Você quer ficar aqui comigo?
Eu: Sei lá.

[...]

  Eu sei lá o que acontece com essa gente, só acho que... Eu não acho nada, eu estou é ficando louco por esse namorado da Juliana, eu vou morrer no meio dos dois.  Eu acho que vou me jogar de uma ponte novamente eu digo. 


XXX: Oi? 
Eu: Ah oi. 
XXX: Me chamo Sarah e você
Eu: SeuNome, prazer. 
Sarah: Prazer, posso ficar com você aqui?
Eu: Pode sim. 

   Nós, fomos ao refeitório, e depois fomos ao pátio, á eu estou me apaixonando pelo namorado da minha prima? Sério isso, acho que preciso de um psicologo.

Continua-
Oooi gente, desculpa algumas pessoas, e eu espero que gostem, sério eu to com vontade de me jogar da ponte por falar com uma pessoa e ter sido mal educada e tal e por ter começado as aulas.Mas tudo bem, tá ai beijos, e falem o acham.

8 comentários:

  1. Ah pergunta é como não se apaixonar pelo Liam né ? Missão impossivel, Enfim continua...

    ResponderExcluir
  2. Eu so confio em ler esta longfic quando estiver toda completa, porque do jeito que a Julia é bem capaz de ela parar esta Long no capítulo 5 ou antes por falta de criatividade, nem o mini imagine com o harry que ja tem seculos que ela posto e cade a parte 2? então não faz imagine com a parte dois se não vai consegui vou esperar este estar completo para ler porque ne.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não amor o mine do Harry foi uma amiga minha que escreveu e mandou, só que esse eu já tenho quase pronta, e o mine ela disse que não ia mais escrever e o problema é que ela não quer fazer, então a Long vai ser completa por que eu sei o que vou fazer, e eu vou postar quando der

      Excluir
  3. Coontinua .. pfv , não para
    adoro quando você escreve .. estou ansiosa para o proximo ! Bjão ss2 !

    ResponderExcluir
  4. continua pf, ta perfeito dês o inicio! Beijoos Jooh

    ResponderExcluir